[Alfarrábio] Ab’Dendriel, a Lothlórien de Tibia #4 (Final)


alfarrabio

Sejam bem-vindos a mais um Alfarrábio, hoje finalizarei o capítulo sobre Ab’Dendriel, vou tentar ser o mais abrangente possível ^^.

Boa Leitura ^^


Após o resgate dos Cenaths os Deraisim que já tinham resgatado os Kuridai, ficaram extremamente sobrecarregados e, abandonando sua rivalidade, as três castas Kuridai, Cenath e Kuridai, uniram-se e decidiram reconstruir o posto de comércio e formar uma cidade para abrir as três castas.

Então teve início a construção de Ab’Dendriel, o seu nome vinha de Déndron que significa “árvore”, a primeira cidade élfica. Uniram os conhecimentos de ferraria dos Kuridai, para a construção do alicerce e a extração de todos os minerais utilizados.

elftreeBela árvore controlada pelos elfos…

Os Cenaths foram os mais úteis, utilizando-se dos conhecimentos mágicos, criaram um elo entre as árvores e os alicerces construídos pelo Kuridai, construindo as grandes árvores casa, que abrigariam a maior parte dos Elfos.

Convertendo troncos em pontes, galhos em corrimões, a magia era bela e linda, tudo se transformava ao toque dos Cenaths, o Kuridai cavaram mais para baixo, através das raízes das árvores sala e vãos gigantescos, abrigando várias câmeras subterrâneas.

Lhotorien 4Convertendo troncos em pontes, galhos em corrimões, a magia era bela e linda.

Depois de um tempo já estabelecida, a cidade de Ab’Dendriel se fortalece com um forte comércio e grande conhecimento, os Elfos nunca mais foram atacados por Orcs, eles temiam os poderes que os Cenaths exerciam sobre as árvores. Que por vezes, podia torná-las vivas.

Então foi a vez de Carlin ser atacada, pedindo ajuda a Ab’Dendriel, os elfos como almas bondosas, ajudaram na defesa de Calir, os Kuridai, prontamente lutaram e ajudaram treinando algumas mulheres que residiam em Carlin. A mais forte delas era a Bunny Bonecrusher, que juntou-se com outras guerreiras para defender os portões de Carlin.

Após uma longa batalha, Elfos e Humanos saíram vitoriosos sobre as hordas de Orcs, que recuaram.

Atualmente, Bunny Bonecrusher é uma forte General e a força da aliança das cidades perdura até hoje.

Ab’Dendriel, frequentemente enviava novos exploradores da raça dos Deraisim em busca de novas rotas de comércio e desbravar novas Terras. Inclusive alguns abrem lojas avançadas para vender e comprar suprimentos para Ab’Dendriel.

Cenaths também enviam elfos para ensinar novas magias e técnicas para os cidadãos de outras raças.

Ab’Dendriel Atualmente

_____________________________________________

Depois de muito tempo os Elfos das três castas dividiram-se amigavelmente na cidade de Ab’Dendriel.

Os Cenaths vivem nos níveis superiores de Ab’Dendriel, cuidado de todas as árvores. Deraisim vivem no térreo, pois é mais fácil o acesso a produtos que chegam por navio. Kuridai preferem viver no subterrâneo, procurando minérios e melhorando seus metais e armas.

Devido aos cuidados de Cenaths, as árvores estão sempre verdes e a vegetação da cidade é exuberante, cheia de flores e plantas, um verdadeiro deleite aos olhos.

Snapshot_022Devido aos cuidados de Cenaths as arvores estão sempre verdes e a vegetação da cidade é exuberante,

Os elfos sempre cuidaram dos animais em suas florestas, os White Deers são exemplo disso, são raros, e agora com os cuidados dados por Ab’Dendriel, estão procriando, Tendo sorte, pode-se vê-los nas florestas.

374863dc53b177daded4275c5590570fWhite Deer, as criaturas mais belas de todo o Tibia…

Os mais antigos dizem que os Elfos criaram as Dryads, mas não existe nada comprovado, deve-se tomar cuidado, elas raramente saem de seus refúgios, mas os aventureiros que as encontrarem, que tomem cautela.

Dryads2Dryads, criaturas que defendem as florestas…

Os Kuridai após escavarem por muitos anos, encontraram perigos nas cavernas inóspitas abaixo de Ab’Dendriel, os Elfos a chamaram de Hellgate, criaturas nas profundezas, que facilmente tomam a vida de aventureiros.

______________________________________

Pequeno Spin-Off:

Terminada a história de Ab’Dendriel, os Elfos hoje vivem principalmente na cidade, eles preferem não viajar muito, não participam mais de guerras, somente em casos extremamente raros.

Durante esse relativo isolamento, acumularam conhecimento suficiente para garantir sua autossuficiência.

Os comerciantes que vemos em todas as cidades em sua larga maioria são descendentes dos Chelabdil ou Deraisim. Como sempre foram ótimos comerciantes, passaram o conhecimento para seus filhos…

Alguns elfos que podem ser encontrados pelo mundo, são descendentes diretos dos Abdaisim, assim como os magos que ensinam magias para todos os Tibianos.

Durante os anos, Ab’Dendriel passou por diversas mudanças, algumas infelizmente, foram perdidas com o tempo… Mas toda beleza que pôde ser recuperada, está abaixo:

 

1628_articulo_noviembre_2012_05Ab’Dendriel mapeada pela CipSoft.

 

 

ab-artwork-1Arte conceitual 1# feita pela CipSoft.

ab-artwork-2Arte conceitual 2# feita pela CipSoft.

ab-artwork-3Arte conceitual 3# feita pela CipSoft.

Ponto de blessAntigo ponto de Bless em Ab’Dendriel.


Bom meus amigos, aqui termina nossa jornada por Ab’Dendriel, uma cidade que sempre me lembra a música de Roy Orbison, Blue Bayou.

“I feel so bad I’ve got a worried mind
I’m so lonesome all the time
Since I left my baby behind on blue bayou”

Tudo nessa cidade me relembrava essa letra..

Sempre imaginei Ab’Dendriel como a verdadeira Blue Bayou, uma cidade tão bela que meu olhos se enchiam de lágrimas todas as vezes que passava os portões, ou simplesmente ficava horas à beira do mar, apreciando à vista.

Me sentia sob um belo céu de Baunilha pintado por Monet, sentimentos esses que se misturavam com um velho filme que eu assisti a muito tempo, chamado de Vanilla Sky, embalado pelo toque de:

“All i want in life’s a little bit of love
To take the pain away
Getting strong today

A giant step each day”

E aquela frase emblemática ecoando em minha mente: “Cada minuto que passa, é uma chance de mudar tudo.” Devo admitir que sempre me emociono assistindo esse filme, assim como me emociono entrando em Ab’Dendriel.

Como o próprio David Aames diz: São as pequenas coisas, e não existe nada maior…

E termino aqui minha narrativa, desculpem as pequenas referências feitas pelo seu autor. Deixo com vocês uma pequena frase:

“O doce nunca é tão doce, sem antes ter conhecido o fel…”

  • Liniker

    obrigado pelo ótimo trabalho

  • Fanilator

    Fico extremamente agradecido Liniker, continue acompanhando o Alfarrábio =]

  • Henrique Alves

    Mais uma vez venho por meio deste comentário agradecer e parabenizar pelo trabalho excelentíssimo, na história faltou apenas os ataques que Ab’Dendriel sofria com os Lobos que quando suas alcateias ficavam muita grande acabavam atacando a cidade de ab’dendriel atrás de alimento e que por muitas vezes os elf’s pediam ajuda dos humanos para defender a cidade de Ab’dendriel 😀

    Mais deixar claro, está gostei muito destes artigos 😀

Tv Epaminondas

Patrocínio

Últimas Notícias

Curta a nossa página!