Destaques

[Artigo Oficial] Teaser #6 – Bem-vindos a Krailos!

winter update treeHauopa!

Dada a abrangência e grande volume de conteúdo, os Community Managers decidiram unificar os dois últimos teasers e publicá-los como artigo do mês. Dessa forma, apresentamos a vocês Krailos, uma região desolada, com terrenos inóspitos e planícies ainda não exploradas. Ao que parece, enquanto os humanos evitam a região árida e selvagem, outra raça tem reivindicado sua posse, uma raça brutal que ama tanto as lutas quanto uma boa refeição…

wu_krailos02Curiosos?
Não deixem de ler!


Bem-vindos a Krailos!

Ao norte de Oramond, por trás das montanhas imponentes, um espetacular deserto foi esculpido pela ação do vento e das águas.

krailosenviroswinter2015_02Paisagem e História

Krailos constitui-se principalmente de um vale desértico com formações de arenito que brilham em vários tons de vermelho. Ao oeste, o mar revolto se choca contra as escarpas. Ao leste, o clima quente e seco deu vida a um bosque de enormes cactos. Velhas ruínas se espalham pela região norte. Como um todo, é um cenário pitoresco e árduo.

Misteriosos, traiçoeiros e perigoso.

Há indícios que uma sofisticada sociedade tenha prosperado em Krailos. Os habitantes detestavam a terra e eram conhecidos por sua avançada arquitetura e filosofia. Eles adoravam igualmente tanto a Suon, quanto Fafnar, talvez inspirados pelos intensos tons de vermelho e laranja que iluminam Krailos enquanto seguem em sua perseguição implacável. Porém, com o tempo, o equilíbrio foi perdido, Fafnar ficou em vantagem e as características explosiva se destrutivas de seu temperamento foram adotadas. Com isso, a república altamente desenvolvida rendeu-se a imortalidade e infidelidade de seus usuários.

Novos governantes ergueram-se dos escombros dessa cultura avançada. Brutais e ferozes, não tinham respeito pelos fracos. Em meio ao caos, sua grande força e formidável resistência ajudou-os a aproveitar o momento para libertarem-se das correntes da escravidão. E, foi assim que os Ogres tornaram-se os novos senhores da Krailos.

ogrebruteOgres: Aparência e Natureza

Devido a sua aparência monstruosa e grosseira, os Ogres facilmente afugentam visitantes jovens e inexperientes. Eles são criaturas enormes, corpulentas e com grande massa muscular sobre a grossa pele. Apesar de suas mãos grosseiras e intelecto primitivo os impedirem de manusear arcos  ou bestas, sua grande força física os permite empunhar enormes clavas, machados e até mesmo lançar grandes pedregulhos.

A maioria dos Ogres são carecas, raramente têm pelos faciais e chifres em suas testas são encontrados com mais frequência. Eles amadurecer mais rapidamente do que os seres humanos, aos doze anos já atingem a fase adulta. Além disso, para um observador destreinado, pode ser difícil diferenciar os machos das fêmeas.

ogresavageDe uma forma geral, podemos encontrar três tipos principais de Ogres: Brutes, Savages e Shamans. Grande parte dos forasteiros os descrevem como feios, horríveis ou apenas como “ewww” (Lembre-se contudo, caros leitores, que estes comentários podem ser considerados pelos Ogres como elogios!)

Realmente, Ogres não são estúpidos. Serem simplórios e diretos é a melhor forma de descrevê-los. Se pra manter os Ogres entretidos e vivos, bastam uma boa luta e uma refeição saudável, para quê se preocuparem com temas complexos e chatos como política ou sustentabilidade?

Eles são impulsivos, explosivos e o conceito de sutileza é totalmente desconhecido para eles. Prosperam em conflito e preferem resolver as coisas através de ataques bem realizados e golpes dolorosos. Pensam que calvas de madeira se encaixam perfeitamente em cabeças, ainda mais se as clavas estão adornadas com cravos ou pregos.

Devido a sua formidável força, sua ânsia por alimentos e seu desejo para a batalha, os Ogres desenvolveram uma aceitável habilidade de caça qual usam principalmente para caçar Clomps, criaturas peludas e enormes que percorrem as planícies e são uma importante fonte de carne e pele.

Ogres: A vida em comunidade

ogreshamanKrailos é uma nação tribal dividida em diferentes tribos de Ogres. Normalmente, cada tribo é liderada pelo indivíduo mais severo e forte do grupo. Enquanto, os ogres machos tendem a ser mais ambiciosos, ocasionalmente pode surgir também uma fêmea especialmente violenta e dominante e reclamar o título.

O cacique é apoiado por um shaman, normalmente é um membro renomado da tribo. Se o shaman é fêmea, os dois geralmente formam um casal mas isso não é uma regra. O líder é responsável por todas as questões sobre guerras e decisões sobre caçadas. Grandes lutas travadas pela liderança do grupo são bastante incomuns. Ainda assim, desafios ocasionais a autoridade de um líder podem acontecer. Para subir na hierarquia, a eliminação dos concorrentes é comprovadamente uma uma prática eficiente e rápida.

Já o foco do shaman está nas questões espirituais e sociais da tribo, elas incluem tanto rituais de passagem bem como cerimônias anuais para as estações e certos fenômenos climáticos. Além do mais, Ogres cultuam o Great Hunger, uma entidade espiritual que, de acordo com sua crença, devorará o mundo inteiro se não for regularmente alimentada. Para isso, rituais de sacrifício são frequentemente realizados para alimentar a entidade. Estas cerimônias normalmente acontecem quando o estômago do Great Hunger está roncando (o que pode ser sentido com um terremoto pelas outras partes do mundo Tibiano). Fora isso, Ogres só se importam com o aqui e o agora.

krailosiso_02wu_krailos04

Enquanto algumas tribos mantêm o estilo de vida nômade, a maioria se agrupa em pequenas vilas,  vivendo em tendas e cabanas. Existe também uma espécie de assentamento maior no qual Goblins, Dworcs ou Corym que ocasionalmente desembarcaram em Krailos como passageiros clandestinos à bordo de navios que encalharam são frequentemente mantidos em celas como escravos.

Independente de serem nômades ou se estão estabelecidos em um determinado local, onde houver um Ogre haverá pelo menos  uma pequena fogueira por perto. Mesmo que seu alimento favorito, em qualquer situação, seja algum tipo de carne, as habilidades culinárias dos Ogres na melhor das hipóteses são questionáveis e na pior, catastróficas. Essa impressão pode ter sito influenciada pelo fato de que,  sabe-se que tanto os seres humanos como até mesmo os elfos, acabam na panela de um ogre, e, eventualmente, em sua barriga. Assim, eles também são conhecidos como “comedores de homens”. Além disso, a maioria dos ogres são gulosos. Uma saborosa honey comb ou um bolo recém assado pode até mesmo levá-los a, quase, esboçar um leve sorriso.

krailosmap_big1As diferentes tribos são independentes uma das outras e, devido a natureza agressiva dos ogres,  os conflitos entre duas ou mais tribos ocorrem com frequência. No momento, a seca dos lagos e rios em Krailos é a maior ameaça para os ogres. Contudo, obsessão das tribos e os seus chefes em lutar entre si os impede de entender o devastador impacto que uma crescente escassez de água pode ter sobre todos.

Na melhor das hipóteses, os Ogres tendem a desconfiar de estranhos e a evitá-los. Eles consideram os estrangeiros como uma perturbação e podem facilmente ficarem hostis ao se depararem cara a cara com eles, especialmente em situações em que estiverem com o estômago vazio.

No entanto, recentemente, uma única tribo Ogre parece estar  mostrando interesse comercial com os estrangeiros. Talvez, eles possam até mesmo aceitar a ajuda de estranhos para atividades como lidar como o problema do abastecimento de água, revolta dos duendes e preparar alimentos para a próximo período de Great Hunger. Pois, ao conseguirem ajuda nessas tarefas, eles podem passar mais tempo em suas atividades favoritas.


Com Krailos, a próxima atualização de inverno introduzirá um novo local, que está a espera para ser explorado. Para dar-lhes uma noção sobre as ideias e criação de Krailos, Eudocia, uma das Game Content Designers do Tibia, compartilhou algumas informações básicas sobre a criação desta nova área.

wu_krailos02 wu_krailos03

De onde surgiu a ideia para o nome Krailos?

Foi definitivamente uma decisão onomatopeia. Tentamos imaginar uma palavra na língua Ogre, alguma palavra que eles usariam, algo que poderia ser associado a eles. Queríamos que soasse um pouco áspero e ao mesmo tempo, gutural. Porém, por outro lado, não deveria ser muito complexo.

Por que Ogros? O que é tão fascinante neles para que vocês decidissem adicioná-los ao Tibia?

De forma semelhante aos Elfos e Orcs os Ogros são também uma espécie clássica do gênero de fantasia. Até então, eles não eram conhecidos no mundo tibiano, e pensamos que seria positivo torná-los parte do nosso mundo. Gostamos da mistura de aspectos sombrios (ogros são guerreiros brutais e “comedores de homens”) e elementos um tanto quanto engraçados, como por exemplo gosto por alimentos, especialmente doces.

O que te inspirou?

krailosiso_01Em relação ao ambiente, foram inspirados principalmente em imagens de enormes cactos e nas estepes da África. Bem como, as formações de rochas vermelhas do deserto de Tatacoa e as águas coloridas do rio Caño Cristales na Colômbia (mesmo que tenhamos decidido mudar a água, com incrustações de sedimentos salinos). Em relação à cultura Ogre, tivemos uma abordagem animista e xamânica, criando uma cultura tribal selvagem e primitiva.

Quais foram os maiores desafios enfrentados ao projetar Krailos?

O maior desafio foi criar uma nova raça com tendências primitivas e até mesmo brutais que não fosse semelhante aos Orcs ou Trolls ja existentes no Tibia. Os Ogres devem ser uma nova raça distinta, e não apenas uma cópia levemente modificada das outras. Por outro lado, projetar um tipo completamente novo de paisagem para Krailos que pudesse transmitir uma sensação única foi também um desafio. Esperamos que os tibianos gostem de explorar tanto Krailos quanto a cultura ogre.


Com este artigo chega ao fim a série de teasers sobre o novo update.

Confira aqui o resumo do teaser e as imagens extras!

Ansiosos pelos testes?

Tags:

Categorias: ,

Gostou deste post?

Sobre Gabi Woodstock

Gabi Woodstock é burocrata do Portal Tibia e Tibia Wiki.

Ver todos os posts de Gabi Woodstock →

Posts Relacionados

19 Comentários

  1. Kaminsky -

    Nossa, adorei a ambientação, não esperava uma nova região nesse Update, Tibia está realmente muito grande!

  2. Fernando Corrêa Witt -

    A tentativa de deixar Oramond interessante…

    De qualquer forma, agora o Tibia está voltando para seu lado “RPG Medieval” e não “Steampunk”, logo, eu gostei muito desse, e especificamente ESSE update.

  3. Tiago -

    Ta ficando bem daora, espero que continue nesse ritimo o Tibia, quem sabe algum dia volte no seu auge! (Só o Craban sair que uns update daora chego)

  4. Diego Paiva -

    Muito interessante! O tibia ta ouvindo seus jogadores e criando coisas que sempre pedimos e gostamos, cidades novas com historias legais e tals e nao cidades cagadas como oramond, roshamuul etc. Parabens CIP!!! Muito ansioso pelo update

  5. Fester Adams -

    Tudo de bom, parabéns à Cipsoft e seus departamentos responsáveis, realmente ficou incrível e estamos todos muito ansiosos para testar.
    Com destaque especial para a reportagem disponibilizada ao final do artigo sobre as ideias que compõem o novo local a ser implementado, pois isso traz um pouco de cultura aos jogadores.
    Toda a narração dos cenários, ambientes, criaturas, história do local entre outros aspectos homenageiam o sentido roleplay e imaginativo dos jogadores.
    Um grande update de inverno em vários sentidos.

  6. Marcelo -

    kkkk, so falta ter coyote e papa-léguas de mount pra ficar ainda mais plagio do desenho o cenário kkkkkkkkkkkkk

    • Rafael -

      Você tem problema mental? Não leu a matéria? Se forem acusar de plágio quem deve ganhar dinheiro é o planeta terra por ter esse tipo de formação geológica.

Comentários estão fechados.