[Artigo Oficial] Você Decide! – Cap #6


No artigo oficial deste mês, os Community Managers trazem uma proposta diferente, eles iniciaram uma história baseada em artigos anteriores e a comunidade decidirá o rumo que a história seguirá!

Não deixe de participar!

Prólogo:

Estou de saco cheio de ter que levar encomendas e cartas de um canto para outro. Simplesmente não posso dedicar todo o meu tempo nesta função. Além de não ser um trabalho gratificante, é mal remunerado, ainda mais considerando todas as vezes que arrisquei minha vida como, por exemplo, ao levar encomendas de Venore para Darashia. Bem, analisei a situação e já tenho o suficiente.  Deixo meu emprego agora mesmo!

Comemorarei minha decisão com uma cerveja bem gelada na taverna do Frodo. Há algum tempo não o visito e já que estou em Thais é uma boa oportunidade para colocar o papo em dia.

Capítulo I

Bem, foi uma noite incrível! Eu e meu velho amigo Frodo conversamos bastante. Ele compreendeu perfeitamente e apoia totalmente minha decisão. Ele também está com alguns problemas pessoais, mas, infelizmente, não havia nada que eu pudesse fazer para ajudá-lo. Mas, deixe pra lá. Mundano de assunto, o que eu farei agora? Preciso de um trabalho novo, mas o que seria? Neste instante olhei para uma nota afixada na parede da taverna do Frodo.

“Os deuses precisam de você! Junte-se a santa Inquisição na luta contra os inimigos dos deuses e de seu país! Entre em contato com Henricus no escritório da Inquisição abaixo da prisão de Thais!

Honestamente, aquelas palavras me soaram um tanto perigosas.  Não sou o tipo de pessoa que é reconhecida por atos de coragem ou bravura. Nem ao menos sei manejar uma espada.  Contudo, de alguma forma, algo na proposta chamou minha atenção.

Mas, talvez, haja algum outro trabalho para mim. Frodo comentou a respeito da guilda ao lado de sua taverna. Segundo ele esta guilda sempre está recrutando. E, até onde eu sei, uma guilda não consiste apenas de caçadores e guerreiros. Quem sabe não possam estar precisando de um cozinheiro, tesoureiro ou mesmo de alguém para ajudar a limpar a Guildhall?

Decidirei na sorte…

storypath01

Sua vez Tibianos . O que nosso herói deve fazer?  Unir-se a Inquisição ou bater na porta da Warriors Guildhall de Thais? De sua opinião no tópico relacionado (aqui). Você tem até o server save do dia 10 de março (segunda) para  enviar sua opinião. A história seguirá conforme a decisão da maioria até o momento de uma nova escolha.

Hora de escolher!

———————————-

Capítulo II

 Cara ou coroa … A Warriors Guildhall! Bem, vejamos  se eles  podem  me conseguir um novo emprego .

 
< toc-toc>
Warrior: “Quem está aí?”
Eu: “Eu.”
Warrior: “Obviamente … Como posso ajudá-lo a meu amigo?”
Eu: “Eu gostaria de me tornar um membro de sua famosa guilda.”
Warrior: “Um aspirante ? Entre e sente-se. Vou avisar nosso líder .”

(…)
Líder: “Então, ouvi dizer que você quer se juntar a nós , meu jovem amigo .”
Eu: “Sim , eu quero trajar o Warrior outfit.”
Líder: “Muitos querem isso, mas,  apenas alguns são dignos . Você tem referências? Experiência em combate e batalha? Condecoração por bravura ?”
Eu: “Bem , meu senhor , esse é o ponto …”


A entrevista de emprego foi melhor do que o esperado. O líder da guilda me pareceu ser parece ser uma pessoa íntegra,  experiente e sociável. Ao invés de zombar de minha  inexperiência , foi  muito compreensivo. Disse que eu deveria entender que ele não poderia me tornar um membro da guilda , sem nenhuma prova de minhas habilidades e lealdade. Mesmo os cozinheiros e faxineiros  eram  “verdadeiros guerreiros ” e membros como outro qualquer dentro da aliança. Mas,  ele daria  uma oportunidade legítima  para  que eu prove meu valor.  Se eu  passar no teste, ele  permitirá que eu me junte a aliança  e vista o Warrior outfit.

Yeah … Eu estou animado . Oras,  Contenha-se ! Você ainda não é nada além de  um ex- carteiro … Mas,  em breve,  estarei usando as spikes nos ombros  e da espada. Hurra ! Mal posso esperar por isso … Acalme-se ! Primeiro você tem que passar no teste ! O líder da guilda me deu três opções para  escolher:

a) Receber uma promoção de Kruzak , imperador dos anões .
b) Negociar uma trégua com nossos inimigos , que residem em Nordic Stronghold perto de Carlin.
c) Convencer o último dos Black Knight s a se juntar a nossa aliança.

Se for bem sucedido poderei me  juntar a Warriors…

———————————————-

Capítulo III

Não  sinto vontade de visitar os anões.  Temo ficar perdido nesta grande montanha… Além disso,  negociar  com os inimigos me parece algo perigoso… Convencer alguém a entrar na aliança ? Bem, receberei um sim ou um não.  Escolherei esta tarefa.

Esqueci totalmente do quanto odiava pântanos – mas não importava. O líder da guilda me deu instruções  de onde poderia encontrar o ameaçador  Black Knight . Como carteiro , eu tinha cert a  experiência em  encontrar lugares estranhos e também sabia como acessá-los , mesmo se uma porta estivesse trancada . Bem, para encurtar um pouco a  história, encontrei as ruínas onde, supostamente, vivia  o tal cavaleiro .

Por sorte, eu pude facilmente passar pelos monstros em meu caminho sem ter que lutar com eles. Bem, bastava apenas entrar por um campo de força mágico e ver se eu seria capaz de convercer o cavaleiro.  ..


Eu: ” Olá ? Senhor? Alguém em casa ?”

Não havia ninguém a vista. Vamos dar uma olhada por ai … Há algo estranho atrás daquela árvore… Você encontrou uma crown armor. Oh … Uau … Isso é bom. Minha primeira armadura ! Agora fiquei curioso a respeito  das outras árvores … Você encontrou um crown shield. Yeahhh, praticamente me sinto um verdadeiro  warrior! Espere, o que é isso? Um pergaminho :

Maldita seja Thais ! Maldito seja o TBI ! Não sou mais um agente ou um nobre, mas um black knight. O vingador negro terá sua vingança !

OMG , isso não soa como se esse cara tivesse qualquer intenção de participar da  uma guilda de guerreiros em Thais … Ah … alguém estava chegando … Tentarei  resolver  logo esta missão e sair dali o mais rápido possível …


Eu: ” Saudações milord , eu vim para perguntar se o senhor não estaria interessado … ”
Black Knight : “NO MERCY ! “

O que ele está fazendo … está me atacando … pelos deuses ,  ele quer me matar ….

——————————————————————

Capítulo IV

 —
Eu: “Pare com isso , por favor!  Não quero brigar! eu … Eu só quero falar com você. ”
Black Knight : “No prisoners!”
<You lose 69 hitpoints due to an attack by a black knight.>
Eu: “Ai! por favor!”
<You lose 12 hitpoints due to an attack by a black knight.>

Essa foi por pouco ! Ele quase cortar minha cabeça . Oh meu  deus… Tenho medo de morrer … Meus pés tremer de medo … eu simplesmente não consigo … esquivar, defender , esquivar, defender , esquivar … O escudo faz parte do trabalho, mas eu não sobreviverei  por muito tempo contra este guerreiro lunático… Em breve , estarei  frio e morto …

… Mal  posso acreditar. Que sorte a minha. Não tinha a menor chance contra o Black Knight, mas de alguma forma eu consegui manter uma distância suficiente de sua espada. Me vi correndo em sua volta, desesperado à procura de uma saída, sentindo sua respiração logo atrás de mim, quando de repente deixei cair um parcel.  Nem eu sabia que ainda estava com algumas correspondências em minha mochila. O pacote caiu no chão, o Black Knight  tropeçou nele, e , eu ainda não consigo acreditar , ele caiu sobre sua espada e  morreu imediatamente.


O Black Knight  estava  morto, eu o matei ! Bem, provavelmente uma questão de ponto de vista… mas ninguém saberia  a verdade … Então, vejamos  o que temos aqui …

<Loot of a black knight: a warrior helmet, a knight axe, knight legs, boots of haste>

Aqueles equipamentos  me pareceram mais adequados…. irei experimentá-los … humm nada mal, tenho que admitir que praticamente me sinto como um verdadeiro guerreiro,  a arma e a armadura aumentaram e muito minha autoconfiança.  Eu sempre tive medo de usar uma espada mas me senti muito bem empunhando o machado.  Talvez, com um pouco de treino … eu me torne hábil em lutar com um machado … mas isso não vem ao caso agora…

Então, vejamos . Quais são as minhas opções? Posso voltar para a guilda e informar sobre a missão. No entanto, estou certo de que o líder me enviou, sabendo que eu nunca conseguiria  convencer este cavaleiro louco a se unir à aliança. Mas, por que então ele me enviou? Foi um teste ou uma maneira fácil de se livrar de mim? Mas,  mesmo que ele tenha mentido para mim, a guilda poderia me ensinar a combater com um machado  e que seria  preciso para me tornar um bom guerreiro. Por outro lado, não tenho certeza se quero fazer parte de uma fraternidade que não seja honesta com seus aspirantes. Talvez seja uma boa hora para continuar por conta própria…

——————————————————————

Capítulo V

 … Mas,  não agora. Tenho que ser modesto, sobrevivi  a esta luta por um golpe de sorte. O fato de ainda estar vivo não faz de mim um glorioso cavaleiro. Ainda não sou nada além de um ex-carteiro abençoado  com a sorte . Se eu realmente pretendo me tornar um habilidoso guerreiro tenho que sorrir, assumir o que aconteceu e voltar para Thais. De qualquer forma,  me sinto mais forte e confiante e quero saber  o verdadeiro motivo pelo qual o líder me enviou nesta missão e, bem, só há uma forma de descobrir…

Estava atordoado. O líder da guilda ficou surpreso ao me ver vivo e sem nenhum ferimento , mas, ele também foi franco e admitiu que se tratava de um teste no qual eu passei gloriosamente … Ele ainda comentou que a guilda estava muito feliz em me acolher e me me instruir em todas as habilidades de luta de forma que me ensinariam tudo o que eu preciso saber para me tornar um excelente guerreiro. Com certeza, esta seria para mim uma ótima oportunidade mas não tenho certeza de gostaria de ser tratado dessa maneira. Não quero ser uma cobaia humana. Poderia ter morrido naquele lugar. Há algo em meu íntimo que clama por vingança pelo que me fizeram passar. Meu sangue corre quente e rápido em minhas veias. Sinto algo estranho dentro de mim, uma sede de sangue… Estou sozinho com o líder, ele está desarmado… me pergunto como ficaria meu machado em sua…. Me assusto, o que estaria acontecendo comigo? Aparentemente,  trouxe comigo mais do que apenas as armas do  Black Knight…

O que devo fazer? Vingar-me ou aceitar sua proposta?

 ————————————————————

  Por enquanto, aceitarei a oferta  e me unirei a guilda, mas não esquecerei  o que aconteceu…

Capítulo VI

 ————————————————————

 

Atenção tibianos chegou a hora de serem criativos!

Agora, cabe a comunidade escrever o capitulo final  e concluir esta história! (Aqui)

Orientações para a história:

  • Deve ser escrita no estilo role play e estar adequada ao contexto tibiano;
  • Não deve ultrapassar 600 palavras;
  • Deve ser enviada até o  server save de segunda-feira, 31 de março;
  • Cada jogador pode enviar quantas histórias quiser mais apenas uma será premiada.

Prêmios: CM Token.gif

Os Community Managers escolherão seus três finais favoritos, e os três autores receberão um CM Token a dedicatória do CM que escolheu a história. E, um dos três terá a história publicada como final oficial do artigo do mês.

Coloque a imaginação para funcionar! Quem sabe sua história não seja a escolhida!

 

 

  • Bruno

    “você decide”…
    Sim claro, mas a história já está pronta e o que vc escolher afetará apenas 1 parágrafo pra poder voltar a historia original. Divertidíssimo.

    • Pablo

      ta exaltado, ein fera

  • Mador

    Você está desempregado, amigo? Poucos poderão ajudá-lo neste momento. Curta seus poucos golds de seguro desemprego por enquanto e faça o que fizer JAMAIS espere que qualquer mercado de empregos lhe ofereça uma boa vaga. Muitos ainda tentarão enganá-lo com promessas falsas neste momento frágil. Procure cuidar de si neste momento, melhore o visual, corte esse cabelo encardido e aprenda a fazer algo a mais com essa espada, além de carregá-la nas costas. Lembre-se: Até para limpar ambientes é necessário alguma habilidade: Mexa-se!

  • =)

  • aonde vou postar a minha parte ?

  • Celow

    Desculpa perdi alguma coisa!
    pra onde envio minha historia hauahua.

Tv Epaminondas

Patrocínio

Curta a nossa página!