Sword of Fury: Mito, lenda ou realidade?


A maioria das pessoas já ouviu falar da Sword of Fury e muitos também já a viram. A Sword of Fury pode ser vista em Rookgaard, ela está localizada na marca vermelha no mapa abaixo. Saia da cidade em direção ao norte, então atravesse a ponte na esquerda, segue para norte, siga além da torre dos trolls até uma pequena montanha com um minotauro no topo. Próxima a ela jaz uma pequena ilha. Nesta ilha tem alguns fire fields com uma spiked sword no centro. Numa placa está escrito "somente os humildes poderão tocar a espada da fúria"

Mas ver não é o suficiente. Nós queremos ter. Levou um bom tempo para eu descobrir sobre ela. Eu viajei para a mainland, fui até a Isle of Kings e achei um livro que tinha a língua orc. Eu aprendi e então fui rookado novamente. Então eu fui até o Blind Orc e perguntei a ele sobre a Sword of Fury. Ele disse que um grande ferreiro orc criou uma espada e um humilde guerreiro lutou com ela contra os humanos. Quando um mago atirou uma forte magia de fogo, a espada absorveu o ataque. O guerreiro morreu. Ela foi levada até uma ilha solitária perto do lugar de onde ela nasceu. Muito antes da ilha de Rookgaard ser descoberta pelos humanos. O orc foi cremado, sua espada foi colocada em cima de seu túmulo, envolvida com um fogo eterno.

Séculos se passaram e a magia começou a enfraquecer. O fogo deixou a espada e agora só sobrou vestígios embaixo dela. Eu decidi que nada mais devia ser perguntando mas quando eu disse ao velho orc que precisava ir, ele me falou uma última coisa:

"Embora você seja um homem simples, você usou seu tempo para entender nós orcs. Você pensa sobre as coisas da mesma forma como eu penso. O problema é que eu comecei a fazer isso quando fiquei cego, você sabe como ser humilde. Por isso eu estou dizendo isso a você. Nós orcs vivemos em volta de um círculo mágico nesta ilha. E ele está além das pedras, cercado por um lugar onde são feito rituais. A caverna que leva ao túmulo do grande guerreiro ancião jaz embaixo."

Então eu me dirigi até esse círculo, apontado no mapa acima. Vocês todos o conhecem, se você já explorou Rookgaard pelo menos. Grandes pedras estão dispostas em volta de um círculo, oito para ser mais exato. No centro fica uma pedra menor. Aquilo pareceu diferente para mim, então eu decidi tentar algumas coisas. Depois de gastar 20 tipos de armas, 2 pickaxes, alguns crânios de orc, 3 meses e todos os meus músculos, eu percebi que isso não iria funcionar. De repente eu tive uma idéia. Loui, o monge que você pode encontrar fora da cidade de Rookgaard, na área premium a oeste, tem muito conhecimento sobre ervas. Eu falei com ele e ele disse que viu uma explosão mágica numa caverna no norte e também que descobriu um jeito de reproduzir isso.

Depois de uma certa resistência, ele finalmente me falou os ingrediantes da sua… poção explosiva. Eu precisava achar 1 Moon Flower, 3 Shadow Herbs, 3 Fern e 8 Powder Herbs. Eu usei o moedor para transformar tudo isso em pó. Então eu voltei para os goblins e peguei 2 das pedras que eles jogaram em mim. Depois de tudo isso, eu voltei para a ponte de pedra. Eu coloquei o pó no círculo em volta da pedra antes de eu usar as duas pedras para fazer uma faísca. O pó brilhou. O monge me alertou disso, mas eu queria ver tudo então ele explodiu na minha cara.



Quando eu voltei, depois de renascer no templo, eu vi duas pessoas percebendo a ausência da pedra que ficava no centro. Eu enganei eles dizendo que Seymour daria algum dinheiro para quem oferecesse ajuda a ele acima do level 5 (eles eram level 3 e level 4). Eu tinha total liberdade, usei minha pickaxe e usei no tile que tinha se revelado. Lá eu encontrei uma caverna. Estava escuro, e eu tinha esquecido minha tocha. Eu usei minhas mãos para achar a parede, então segui beirando ela. A caverna começou a me levar para o sul. Levou mais de um dia para alcançar o final e lá estava; Um pequeno monumento com símbolos anões entalhados. Eu aprendi muitas línguas para poder sobreviver e eu posso atualmente me comunicar com minotauros, orcs, anões, cyclopes e dworcs. A tumba tinha uma charada. Isso foi há muito tempo e eu não me lembro muito bem. Eu não sei, eu acho que tinha uma aura em volta do monumento, minha mente foi apagada. Eu não sei o que eu enfrentei na caverna também. Aquilo foi um fire devil… Ou um dragon?

Entretanto, eu abri a tumba e entrei nela. Lá havia muito fogo, e algumas criaturas explodindo em mim. Mas não importava para mim. Eu vi o baú. Eu fui até lá e peguei o que estava dentro. Era uma bolsa, contendo uma chave de puro ouro e perto dela havia um diário. Estava escrito na língua dos minotauros e dizia que o poderoso mago dos minotauros não queria ser encomodado em seus estudos sobre os humanos, então ele pediu para que seus servos que levassem essa chave até o dragon lair. O dono do diário foi morto pelo dragon, e seu companheiro minotauro deixou isso aqui, com a chave. Mas agora ela pertencia a mim, embora eu não entendesse como aquela caverna iria me levar até a sword of fury, como o Blind Orc disse. Eu decidi continuar minha jornada e seguir as pistas que eu tinha. Depois de entrar no minotaur hell, eu lutei com o minotaur mage. Um teleport me levou até uma larga caverna, iluminada com candelabros onde muitos monges orcs me atacaram e disseram que eu não tinha a permissão de entrar naquele lugar sagrado. Eu tive que lutar contra eles e acreditar em mim mesmo. Em seguida eu percebi que o caminho estava livre, uma escada levava para cima e através dela podia-se ver as chamas. Voando no ar.

Enquanto isso eu li um dos livros do Mago. Era um pedaço da história dos minotauros. Lá dizia que os Minotauros bloquearam o caminho para a tumba do orc porque eles queriam a espada só para eles. Mas o mago ainda tinha que estudar como passar pelo fogo que a cercava. Ele tinha certeza que iria obter sucesso, pois ele achava que era o mais poderoso de todos os magos. Eu supus que placa na pequena ilha estava certa; O Mago não foi humilde em suas opiniões sobre si mesmo. Eu ganhei minha experiência como nenhum outro poderia. Eu sou um pobre camponês, talvez com uma capacidade melhor de resolver charadas comparando-se a uma pessoa normal, ou talvez não. Eu acho que isso tudo me deixou humilde o suficiente no momento por que eu fui capaz de passar pelo fogo sem nenhum problema. Eu não senti nenhum fogo mágico. Eu escalei, e queria pegar a espada quando eu escutei um grito vindo da margem. Eu me virei e lá estava ele. O Blind Orc.

"Você é muito valioso, pequenino. Eu não peguei o seu nome, mas eu sei que você é aquele com quem eu falei antes. Fazia muito tempo desde que eu falei com alguém na minha língua nativa. Agora aqui está minha última dica, eu provavelmente nunca verei você novamente, mas eu quero que faça isso da maneira certa. Ninguém nunca antes esteve tão perto de conseguir a espada da fúria. Pegue-a e finque no fogo. Então equilibre-a por 10 horas."

Eu fiz isso, e então tirei a lâmina do chão. Ela levou o fogo consigo. Quando eu olhei para ela, eu vi que a espada tinha voltado ao seu estado mágico original como uma Firesword. Então eu decidi, este tesouro e poder pertence aos orcs e às pessoas que caminham por este planeta. Eu não queria quebrar seus sonhos de resolverem esse mistério por si sós algum dia. Então eu deixei a espada lá, na ilha, e voltei para casa.

Artigo escrito por Trevorius, publicado no TibiaNordic

Comente este artigo no TibiaFórum!

Tv Epaminondas

Patrocínio

Curta a nossa página!